III Simpósio de História e Arte

12 A 14 DE SETEMBRO DE 2018

Sob coordenação de Rosane Kaminski e organizado pelos professores Artur Freitas, Clóvis Gruner, Luiz Carlos Sereza, Paulo Reis, Rosane Kaminski e Vinícius Honesko, o III Simpósio de História e Arte é uma iniciativa conjunta do grupo de pesquisa Núcleo de Artes Visuais (NAVIS/CNPq) e da  Linha de Pesquisa "Arte, Memória e Narrativa" do Programa de Pós-Graduação em História da UFPR. Previsto para ocorrer a cada três anos, o evento dedica-se ao estudo das relações entre conhecimento histórico e artístico, com ênfase no intercâmbio intelectual entre pesquisadores de diversas instituições brasileiras e internacionais.

 

Sob o tema geral “Arte e violência”, o III Simpósio de História e Arte abordou o entrecruzamento entre a História, a História da Arte e a Arte, em suas relações com a violência. Em sua terceira edição, o Simpósio teve duas conferências (abertura e encerramento do evento) e três mesas temáticas, sob os seguintes títulos: (1) A palavra traumática; (2) Imagens da urgência; e (3) Torção do real.

 

O evento contou com os seguintes palestrantes: Anacleto Ferrer (Universidade de Valência, Espanha), Carmem Silva (Líder da FLM - SP), Eduardo Pellejero (UFRN), Jaime Ginzburg (USP), Maria Angélica Melendi de Biasizzo (UFMG), Peter Pál Pelbart (PUC-SP) e Sergio Villalobos Ruminott (Universidade de Michigan, EUA).

cartaz_simposio_historia_arte-03.jpg
Panfleto_Frente_Fechado.jpg

PROGRAMAÇÃO

12 DE SETEMBRO DE 2018

 

19h00

Abertura do Evento e Conferência inaugural

“Constelación de violencias: momentos de perpetración de la Shoah”

Anacleto Ferrer (Universidade de Valência, Espanha) 

Moderação: Rosane Kaminski (DEHIS/ UFPR)

 

13 DE SETEMBRO DE 2018

 

14h00

Mesa 1 – A palavra traumática

"A humanidade incômoda: Arte e resistência em tempos infernais"

Eduardo Pellejero (UFRN)

 "Limiar e violência em João Gilberto Noll, Tata Amaral e Toni Venturi"

Jaime Ginzburg (USP)

Moderação: Clóvis Gruner (DEHIS/UFPR)

 

19h00

Mesa 2 – Imagens da urgência

Exibição do filme “Era o Hotel Cambridge” (Eliane Caffé, 2016), seguida de debate com Carmem Silva (Líder da FLM - SP)

Moderação: Luiz Carlos Sereza (UTP)

 

14 DE SETEMBRO DE 2018

 

14h00

Mesa 3 – Torção do real

"O testemunho impossível: entre as imagens e as palavras"

Maria Angélica Melendi de Biasizzo (UFMG)

"Performance e violência: de Agamben a Marina Abramovic"

Peter Pál Pelbart (PUC-SP)

Moderação: Artur Freitas (UNESPAR)

 

19h00

Conferência de Encerramento

“Anarquía de los sentidos: arte, violencia y destrucción”

Sergio Villalobos Ruminott (Universidade de Michigan, EUA)

Moderação: Vinícius Honesko (DEHIS/UFPR)

PALESTRANTES

clique nas imagens para ver a minibio

GALERIA

 

FOLDER

Programação Impressa do Evento

Panfleto_Frente_Aberto_com_Cinza.jpg